Vaga de estágio para área de comunicação

09/03/2023 08:54

 O Centro de Ciências da Educação da UFSC 0ferta vaga de estágio remunerado para atuação no âmbito da comunicação social do CED.

A bolsa será  no valor de R$ 787,98, concedida pelo Programa Institucional de Bolsas de Estágio da UFSC (setecentos e oitenta e sete reais e noventa e oito centavos), para uma carga horária de 20 (vinte) horas semanais. Também haverá auxílio-transporte no valor de R$ 220,00 (duzentos e vinte reais) mensais.

O processo seletivo destina-se a discentes regularmente
matriculados e frequentes nos cursos de Design, Jornalismo e Cinema,
preferencialmente, mas não exclusivamente.

Interessados devem se informar no Edital constante aqui.

 

CED divulga edital para seleção de estagiári@s

08/03/2023 08:39

De o8 a 17 de março estão abertas as inscrições para o processo seletivo para contratação de estagiárias e estagiários remunerados que atuarão no Centro de Ciências da Educação.

Serão concedidas bolsas no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Estágio da UFSC no valor de R$ 787,98 (setecentos e oitenta e sete reais e noventa e oito centavos), para uma atuação de 20 (vinte) horas semanais, além do auxílio-transporte no valor de R$
220,00 (duzentos e vinte reais) mensais.
O regramento do processo seletivo deve ser acessado no edital diponível aqui.

Inscrições abertas para a II Escola de Verão e das Águas – Desenvolvimento Territorial Sustentável

22/02/2023 13:43

Em sua segunda edição, com o tema “Territórios Rurais Criativos, o curso de extensão abordará questões ligadas ao desenvolvimento territorial sustentável, a partir de reflexões teóricas com pesquisadores de referência nos temas e casos concretos com atores locais.
O curso é gratuito e certificado pela UFSC. Acontecerá durante o mês de março, sempre as terças e quintas-feiras, das 19 até 21:00, com transmissão no canal do Lemate no Youtube ▶️ https://www.youtube.com/@lemateufsc2002

Faça sua inscrição até o dia 24/02 através do Link: forms.gle/Se3gzYwRvZz8q6k27

A palestra de abertura acontecerá no 02 de março, com a palestra do professor Dr. Michel Thiollent, que abordará “a pesquisa-ação em estudos ligados ao desenvolvimento territorial sustentável”.

Siga as redes sociais do @peteducampo; @lemate_ufsc para acompanhar informações do evento.

CRIANÇAS YANOMAMIS: INVISIBILIZAÇÃO, MORTE E LUTA PELA (RE)EXISTÊNCIA (nota do GT 07 da Anped)

26/01/2023 13:17

Janeiro de 2023.
A Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (Anped), por meio do GT 07 –Educação de Crianças de 0 a 6, vem a público externar sua profunda indignação ante as condições de abandono e ausência de políticas públicas a que foram acometidas as crianças Yanomamis e seus familiares, condições essas que lhes tiraram o direito à vida. Nos últimos dias, a sociedade brasileira tem acompanhado um cenário de barbárie que revelou a política de genocídio do governo Bolsonaro e suas necropolíticas.
O sucateamento da Fundação Nacional do Índio (Funai), a invasão de terras indígenas, o avanço dos garimpos ilegais e a contaminação do solo e do meio ambiente demonstram ações concretas de um processo de genocídio deliberado e intencional. As cenas expostas em mídia nacional revelam a barbárie e a morte como espetáculo em um cenário de profundo abandono de crianças e adultos. As imagens ressaltam contextos de negação de direitos, em particular de proteção e provisão, que ferem a condição humana e colocam nossas crianças e suas famílias yanomamis em condições desumanas.
Foram quatro anos de profundo descaso com as pautas indígenas. As crianças e suas famílias buscaram resistir e existir em situação de ausência de direitos. Foram mais de 99 crianças yanomamis que morreram em decorrência da fome, da pneumonia e de doenças resultantes da contaminação do solo e da água. O cenário exposto nas mídias se agrava, quando se considera que tal fato foi acentuado em tempos de pandemia. Foram duas tragédias anunciadas e vivenciadas por aqueles que foram renegados pelo Estado. A fome e a desnutrição foram desveladas nos últimos dias; todavia, as condições que geraram a morte das crianças yanomamis têm origem em uma política de morte de amplo contexto, em que as diferenças e a diversidade não encontraram lugar em um projeto de sociedade desigual.
Quem cuida de nossas crianças yanomamis? Quem as protege? Quem lhes garante direitos? É preciso que o contexto e as imagens vistos nesta semana nos movam para uma profunda indignação contra todas as políticas de omissão, de abandono, de exclusão e de morte. É necessário lembrarmos dessas imagens para que nunca mais se repita aquilo que gerou a vista barbárie. A advertência adorniana de que “a exigência que Auschwitz não se repita é a primeira de todas” ajuda-nos à compreensão de que todas as vidas importam e que a dor da fome e o horror da morte das crianças yanomamis não sejam banalizadas ou esquecidas. Nossa luta com e pelas crianças deve ser uma luta cotidiana por uma condição de vida digna. Que os culpados sejam punidos e que as crianças yanomamis mortas pela fome e pela desnutrição não sejam esquecidas!
O GT 07 da ANPED está presente e não se cala frente à injustiça!
Pelas crianças Yanomamis, nossa luta e nossa voz!

Tags: AnpedgenocídioNota de posicionamentoYanomamis

Manifestação em defesa da democracia

09/01/2023 10:41

Diante da profunda dor e perplexidade causadas pelas agressões perpetradas pela extrema direita na tentativa de promover um golpe de estado, o Centro de Ciências da Educação da UFSC manifesta seu compromisso inarredável com a construção e exercício permanente da democracia e da cidadania. A defesa do estado democrático de direito é tarefa primordial de toda educadora e educador e de cada um dos servidores públicos e estudantes de nossa instituição. Nesse sentido, incentivamos os professores, estudantes e técnicos administrativos do CED a se juntarem ao Ato Público pela Democracia, que ocorrerá às 18 horas de hoje, 09/01, no Largo da Alfândega.

 

Nota de falecimento

20/12/2022 20:28

O Centro de Ciências da Educação da UFSC noticia com profundo pesar o falecimento do professor José de Pinho Alves Filho, do nosso Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT).
O velório e o sepultamento se darão das 9h às 13h30min de quarta-feira, 21 de dezembro, no Cemitério Jardim da Paz, em Florianópolis,
O professor Pinho foi um pesquisador dedicado ao ensino de física e à educação científica e tecnológica. Ingressou na UFSC e foi lotado no Departamento de Física em 1976. Formado em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 1969, titulou-se mestre em Educação pela UFSC, em 1990. Em 1998, obteve o título de doutor em Educação: Ensino de Ciências Naturais, também pela UFSC. Fez pós-doutoramento na Universidade de Aveiro/Portugal.
No Programa de Pós-Graduação em Educação Cientifica e Tecnológica (PPGECT) da UFSC, chegou ao cargo de coordenador. Aposentando em 2018, retomou as atividades como voluntário.
A comunidade do CED e de toda a UFSC solidariza-se com a família, amigos, colegas e alunos do querido Professor Pinho.

* Com informações do Notícias UFSC.

Tags: José de Pinho Alves FilhoNota de falecimento

Seminário de socialização de experiências pedagógicas

14/12/2022 16:22

No dia 16/12/2022 ocorrerá a atividade “Seminário de Socialização das experiências pedagógicas na EBM Albertina Madalena Dias”, localizada no bairro Vargem Grande.

O encontro acontecerá no auditório do CFH, no horário das 08h às 12h e contará com a participação e apresentação dos 60 docentes da escola.

O evento trará a sistematização do trabalho realizado pela escola em parceria com o projeto de extensão coordenado pela Profa. Natacha Janata. Além disso, o evento é realizado pelo PIBID – Educação do Campo, escola EBM Albertina Madalena Dias e tem o apoio do curso de Licenciatura em Educação do Campo e Departamento de Educação do Campo.

Minicurso sobre estética de Lukács

29/11/2022 17:10

O Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Ontologia Crítica (GEPOC) promove  o Minicurso Princípios Básicos da Grande Estética de Lukács, a ser realizado no dia 8 de dezembro de 2022, a ser ministrado pelo Prof. Dr. Deribaldo Santos, do Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação, Ciência e Letras do Sertão Central, da Universidade Federal do Ceará (UECE).
Esse minicurso se insere no contexto dos estudos e debates sobre questões e problemáticas educacionais fundamentados numa abordagem materialista histórico-dialética da educação e integra integra o Seminário Especial “A produção do conhecimento e a pesquisa nas ciências sociais: o método materialista histórico-dialético da Linha Trabalho, Educação e Política – TEP”, do Programa de Pós-graduação em Educação, que neste semestre está a cargo da Profa. Dra. Patricia Laura Torriglia.
(mais…)

Tags: estética em LukácsGrupo de Estudos e Pesquisa sobre Ontologia Críticamaterialismo histórico dialéticominicurso

Estudantes indígenas da UFSC promovem evento para dar visibilidade às suas lutas

24/11/2022 08:42

De 28 de novembro a 02 de dezembro será realizada a exposição fotográfica A Luta dos Estudantes Indígenas da Ocupação Maloca UFSC em 2022, no hall da Reitoria.

O evento visa dar visibilidade para as lutas da Ocupação Maloca UFSC, articuladora de lutas dos estudantes indígenas da universidade pela demarcação das terras indígenas no país e pela permanência estudantil. Integram a programação uma exposição de fotografias, lançamento de um videodocumentário, palestras, debates, shows e cantos tradicionais.

A iniciativa foi contemplada em edital da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC, que cede o espaço a iniciativas institucionalmente relevantes e tem apoio do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (APUFSC), do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC (CCE/UFSC) e do Departamento de Jornalismo.
(mais…)

Tags: documentárioestudantes indígenasexposição fotográficamarco temporalmovimentos sociaispalestra